SÃO PAULO: (11) 3016-0060
OUTRAS REGIÕES: 0800-7771060

Brasil lidera chegadas internacionais à América do Sul

As reservas internacionais ao Brasil de setembro a dezembro deste ano estão 8% maiores do que estavam a esta altura em 2017. Publicado pela Forward Keys, o dado soa otimista, mas o mesmo estudo aponta que o indicador no período de janeiro a agosto apontava alta de 12%.

Por outro lado, mercados sul-americanos como Colômbia, Peru e Chile estão estáveis, sem crescimento e descenso em relação a 2017. Para a Forward Keys, essas baixas no inbound de vizinhos argentinos é justamente pelo delicado momento econômico vivido pelo país governado por Mauricio Macri, freando as viagens da Argentina para seus principais destinos.

Por exemplo, de janeiro a abril, o Brasil recebeu 31% mais argentinos do que os quatro primeiros meses de 2017. A partir de maio, o peso começou a se desvalorizar, o que impactou o outbound da Argentina nos três meses seguintes. De maio a dezembro, as reservas da Argentina ao Brasil caíram 1% no mesmo período de 2017. Esse dado foi computado em 31 de agosto.

OTIMISMO NO BRASIL
Argentina à parte, a Forward Keys vê com otimismo o momento do Brasil no receptivo. As reservas para os últimos quatro meses de 2018 de mercados-chave estão crescendo dois dígitos na comparação ano após ano: Chile (+28%), França (+15%) e Espanha (+15%). Chamam ainda mais atenção Canadá (+26%), Japão (+23%), ambos com o benefício do novo visto eletrônico, além de África do Sul (+36%), Paraguai (+19%) e Colômbia (+15%).

Fonte: PANROTAS